Jaque Rodrigues

Artista Multilinguagem, natural de Guarulhos, São Paulo. Atualmente vive e trabalha na cidade de Crato, Ceará. Licenciada em Artes Visuais pela Universidade Regional do Cariri – URCA. Nas Artes Visuais tem interesse em múltiplas linguagens. Idealizadora do projeto Fotógrafas Negras (@fotografasnegras) plataforma de difusão do mapeamento de fotógrafas negras brasileiras.

Site: https://www.behance.net/JAQUELINERODRIGUES

E-mail: jaquerodriguesfotografias@gmail.com

Telefone Público: (88) 99997-2941

Endereço: RUA MONSENHOR JUVINIANO BARRETO, 312, APARTAMENTO A, CENTRO, 63100-500, Crato, CE

CEP: 63100-500

Logradouro: RUA MONSENHOR JUVINIANO BARRETO

Número: 312

Complemento: APARTAMENTO A

Bairro: CENTRO

Município: Crato

Estado: CE

Descrição

Jaque Rodrigues,
Guarulhos, 1989

Foi bolsista do Programa de Iniciação à Docência – PIBID (2014-2016); Integrante do Grupo de Pesquisa Ensino de Artes em Contextos Contemporâneos – GPEACC/CNPq liderado pelo Professor Doutor Fábio Rodrigues (2014-2016); Fez Intercâmbio na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto – FBAUP (2016-2017); bolsista no programa Arte e Cultura da PROAE na Universidade Regional do Cariri - URCA (2017-2018); Bolsista de Iniciação Científica no Grupo de Pesquisa Jogo Invento Artesania – JOIA liderado pelo Professor Doutor Fred Sidou (2017-2018); bolsista de Monitoria na disciplina de Fotografia I (2019-2019) e integrante do Grupo de Pesquisa em Fotografia UANÁ (2019-2020) liderado pelo Professor Rubens Venâncio; É integrante do Grupo de Pesquisa Novos Ziriguiduns (Inter) Nacionais Gerados na Arte – NZINGA liderado pela Professora Doutora Renata Felinto e integrante do Coletivo de Mulheres Negras Iamís Kariri. Atualmente é artista colaboradora nos grupos de pesquisa JOIA E UANÁ.
Como atuante pesquisa e desenvolve trabalhos baseado nas corporalidades negras/afrodescendentes, integrando a performance AJÉ (2018-), juntamente com o coletivo Iamís Kariri(2018-). Participou do processo de encenação SOLDADE (2017) dirigido por André Castillo, e da encenação VERDE CÉU (2019) dirigido por Josefa Mônica.
Participou das exposições coletivas: Desobjetos: Uma Desleitura de Manoel de Barros, organizada pelo Coletivo Diadorins (2015); ORGANON – Renegociações Estratégicas de Identidade na Galeria Maria Célia Bacurau em Universidade Regional do Cariri-URCA, Crato- CE (2017); Vocês querem o quê, afinal? Organizado na disciplina Poéticas Visuais Contemporâneas, liderada pela professora Raquel Versieux (2017); Casa Gino – coletiva de fotógrafos e fotógrafas do Cariri, realizada na Galeria de Artes do SESC – unidade Juazeiro do Norte (2018); Casa Gino – coletiva de fotógrafos e fotógrafas do Cariri realizada no Memorial Patativa do Assaré, em Assaré – CE (2018); RASTROVESTIGIUM organizado pelo GP JOIA em Universidade Regional do Cariri-URCA, Crato- CE (2018); Coletiva de produções visuais de alunos do Centro de Artes na Mostra Didática de Teatro (2018); Casa Gino – coletiva de fotógrafos e fotógrafas do Cariri, realizada na Galeria de Artes do SESC – unidade Quixeramobim (2019); SERILUSORA organizado pelo GP JOIA em Universidade Regional do Cariri-URCA, Crato- CE (2019). Realizou a exposição individual UMBANDA, ocorrida na OAB/SUBSEÇÃO CRATO (2019).

Ministrou as Oficinas: Encadernação Artesanal Clássica no Programa de Extensão Fomento à Economia Criativa do Cariri – UFCA (2017); Encadernação Artesanal na EEEP Maria Violeta Arraes de Alencar Gervaiseau (2019); Câmera Escura no Projeto Nova Vida (2019); Encadernação Artesanal na Semana de Acolhimento do Centro de Artes – URCA (2019); Encadernação Artesanal no Projeto SESC Encena #tudoemcasafecomercio produzido pelo SESC unidade Juazeiro do Norte, Ceará (2020).

Vídeos

Galeria

evento entre e Baixar Planilha

Nome:

E-mail:

Tipo:

Mensagem:

Enviando mensagem

Enviando mensagem